quinta-feira, 20 de novembro de 2008

E mais uma vez!!!



NEM TUDO É O QUE SEUS OLHOS VÊEM...

Esse é o meu espaço, e minha liberdade
Não me venha com palavras tortas
Há tempos estou relevando, mais você persiste
Quanta falta de respeito nas tuas palavras
Quanta falta de maturidade
Eu vejo também como um ser humano pode ser mesquinho e pequeno
Fico perplexa com determinados
Eu estou vivendo.
Toda experiência e amadurecimento são válidos
Nada das suas palavras poderá contar
Nem aqueles que se ocuparam tão bem na função de especular, opinar
As vezes me espanta como as pessoas agem em relação ao seu próximo
Mais respeite você primeiro, pra saber respeitar o próximo
Eu não quero recuperar tempos perdidos
Ignorância, que por sinal leva acento e ironia são duas coisas completamente diferentes
Dou prioridade para as coisas que considero importantes.

P.S; Repetindo o post, porque o indivíduo(a), não cansa de vir aqui, fazer comentários bobos, sem fundamentos e sem nexo!
Nem eu, que tenho 17 anos me ponho a esse ridículo.
Eu me privo a comentários!

-Jéssica R.

5 comentários:

• predicativa disse...

retrubuindo comentário..
coisas boas por aqui também.

(:

Pierrot disse...

Minha cara.
Com 17 anos revelas um sagácia impressionante.
A tua análise motivada por um título brutal, está para lá de boa.
Assino por baixo
Bjos daqui
Gostei do espaço
Pierrot

Notas de Rodapé disse...

Erasmo é o meu livro de cabeceira =]
chato é ter alguém inconveniente no pé,né?acredite,sem bem com é =/
;*

Jamil disse...

Meu amor!!!
Por que vc foge de mim?
Amei as noites que passamos juntos...
escrevendo, viajando, sonhandoa dois
amo vc pestinha...
E me orgulho de estar um pouquinho nestas letras tão lindas aqu´=i expostas.
e agora?
me achou?
As costuras se fevchando e o coração sofrendo por vc estar longe e só, sonho contigo.
Bjs

Jéssica R. disse...

Eiii... Não estou fugindo de você, jamais!

Mesmo sem nunca ter nos tocado e nos vimos, nos conhecemos em alma.

Amo as noites que escrevemos, conversamos e passamos juntos.

São, tantas coisas doce que me diz.
Você mereçe as palavras em meu blog.

Vontade de você existir existir...

Beijo doce na alma, amo você!