quarta-feira, 25 de março de 2009



Quero, e preciso, de tudo o aquilo que pulsa.
Que chega sem pedir licença, acaricia, esquenta, excita, arde...
Que me roube um olhar, uma gargalhada e o silêncio dos meus olhos.
- Jéssica R.

3 comentários:

Anônimo disse...

Quando cuidamos bem do nosso jardim, atraimos boas e lindas borboletas, nao devemos nos enganar neste processo , pois quando se aduba a terra pra o preparo do nascer da rosa,
se faz necessario o uso de adubo, atraindo assim moscas bosteiras.

~*Rebeca e Jota Cê *~ disse...

Adorei!

~*Rebeca e Jota Cê *~ disse...

Adorei!