domingo, 1 de março de 2009



Tenho" estava" procurado mais romantismo, e palavras inusitadas que me fariam palpitar em uma entrega viscosa e desconhecida.
E de querer, me fechar no abraço que aprofundasse na pretensão de conhecê-lo, de tocar os seus lábios e saborear cada poro que o teu corpo transbordasse no explodir do gozo.

E a minha quietude deixou com que o tempo eu encontrasse a cor.
Ontem e hoje, e espero que a cada dia a minha alma continue sendo alimentada por suas palavras, carinho, gargalhadas e sorrisos.

E são os versos, a lua, as mãos, o corpo e o desejo, que ardem e deixam minha alma em urgências de intensos amores.

Já sinto saudades...

http://www.youtube.com/watch?v=953a4xhfMhk

Jéssica R.

4 comentários:

Evelyne Freitas disse...

Amiga tu voltou com tudo!

Felinea disse...

versos e lua começam tudo.

continua!

:)

miados dengosos da gata para ti.

D.Ramírez disse...

Muito bom regresso, pelo visto a nova temporada..rs de posts proteme;)

Besos

Anônimo disse...

Te procuro
Porque?

Me procuras,
Por saber.

Que na procura,
Quem sabe faremos
Nos encontrar?

Pois é procurando
Procurando.

Que terminamos
Encontrando.

Te procuro,
Te encontro.

Me procuras,
Desencontro.

No desencontro
Do encontro,
Eu sempre te encontro.

Jardineiro